A página de hoje traz mais uma vez uma menção ao bom e velho blues… Bom e velho mesmo! Essa canção é de autoria do lendário Robert Johnson. Uma figura envolta em muitos mistérios, que encanta até hoje os músicos mais gabaritados.

Love in Vain já teve diversas versões, mas a de Johnson, gravada num quarto de hotel no final dos anos 30, ainda traz o peso e a tristeza do amor perdido em seu estado mais nu e cru. Confira esta versão:

Os Rolling Stones fizeram uma versão de Love in Vain no álbum “Let it Bleed”, de 1969, e posteriormente no álbum acústico “Stripped”, que você confere abaixo:

O mestre Eric Clapton também já tocou diversas vezes, e a gravou no espetacular álbum “Me and Mr. Johnson”, de 2004:

E a cantora Madeleine Peyroux também gravou Love in Vain, no álbum “Standing on the Rooftops”:

É impressionante como a interpretação de cada músico torna a canção algo único. :)

E aí, qual a sua versão favorita?  Conhece alguma que não mencionamos? Comente!