Demetrius Dante

Mais ou menos em julho de 2008 resolvi que iria parar com as histórias do Sideralman no Subterrâneo, ao mesmo tempo o personagem Derek, o detetive, do Márcio Garcia, não ia mais ser publicado no zine. Aí pensei que como eu ia criar um protagonista novo ele podia ser um detetive mantendo assim o gênero dentro da publicação. No entanto, de cara, sabia que esse detetive atuaria numa esfera mais sobrenatural, a princípio a opção era pelas lendas urbanas, mas já esbarramos em outras abordagem.

No meio do processo de criação, conversando com o próprio Márcio, eu comentei que colocaria o nome do meu personagem começando com a letra “D”, numa homenagem ao Derek que saia. Percebemos que, nos quadrinhos, existiam alguns personagens detetivescos que tinham seu nome principiado pela mesma consoante o que deixou a coisa mais interessante ainda. Listei vários nomes com esta letra. Enquanto bolava o visual e a apresentação, continuei a matutar no nome.

Sem chegar a um consenso com muitos nomes legais na manga, parti para pedir ajuda aos amigos. Numa viagem para Londrina, numa noite regada a cerveja e boa comida, estando presentes: Laudo, Eloyr Pacheco e Leonardo Melo, foi este último que me deu o nome. Como eu também queria que o personagem tivesse dois nomes com a letra “D” e, Dante era um que me agradava muito, ficou sendo então o sobrenome.

Juntando-se, aos outros já famosos, Denny Colt (alter-ego do Spirit), Dick Tracy, Dylan Dog, Diomedes e, motivo de tudo, Derek… Demetrius Dante fez sua estreia na edição número 25 do Subterrâneo em agosto de 2008. E agora ganha seu próprio blog dentro do coletivo Petisco no qual serão publicados suas HQs online. Espero que se divirtam com as aventuras do detive do absurdo.