Estou tão feliz com o resultado do ProAC, que se fosse escrever um texto sobre isso, não daria muito certo, ehehe.

Então tomei a liberdade de copiar a notícia veiculada pelo Paulo Ramos no Blog dos Quadrinhos, ontem:

A Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo divulgou os nomes dos dez projetos selecionados no edital de incentivo à produção de histórias em quadrinhos.

Os autores e os títulos das obras foram publicados na edição desta quarta-feira do “Diário Oficial” do estado. Cada proponente irá receber R$ 25 mil para produzir a obra.

A lista deste ano trouxe uma novidade em relação às edições anteriores, uma proposta de adaptação literária do romance “Dom Casmurro”, de Machado de Assis (imagem acima).

Veja a seguir os dez autores e projetos selecionados:

Mario Cau – Dom Casmurro
Céu D´Ellia – Zu Kinkajú
Luiz Carlos Fernandes – Alma: A História da Praça Esportiva Mais Antiga do País
Roberto Skubs Sobrinho – Fade Out: Suicídio sem Dor
Marcelo Shun Izumi – A Jornada de Gugu e Leo
Pablo Carranza – Se a Vida Fosse como na Internet
Éder Gil de Souza – Seu Turno
Leandro Melite Moraes – A Desistência do Azul
George Victor Schall – Sabor Brasilis
Daniel Esteves – Quilômetros Blues

É a quarta vez que o governo estadual reprisa o edital do ProAC (Programa de Ação Cultural). Na edição deste ano, houve 136 projetos inscritos, como o blog noticiou em 10.07.

Da seleção passada, só um dos dez trabalhos selecionados foi publicado até o momento: “A Chave do Universo – As Nove Máscaras e o Eneagrama”, de Alexandre Montandon.

Outro está na gráfica: “Histórias do Clube da Esquina”, de Laudo Ferreira Jr. e Omar Viñole. A obra será publicada pela editora Devir.

O edital paulista tem se tornado um dos principais estímulos recentes à produção de quadrinhos no país. Em 2010, recebeu um Troféu HQMix pela contribuição dada à área.

Quero deixar aqui registrados os meus parabéns aos amigos Daniel Esteves, Wanderson de Souza, Wagner de Souza, Hector Lima, Felipe Cunha e Pablo Casado, e mais ao George Schaal, Pablo Carranza, Maiolo, (que eu não conheço pessoalmente) por estrarem entre os selecionados! E, claro aos outros, que eu não conheço ainda.

E um abração para o Felipe Greco, roteirista de Dom Casmurro, pela parceria e paciência!

Agora sim, a coisa vai acontecer. Provavelmente vou sumir um pouco da internet, mas é por uma boa causa. 8- )